EP010 – A Estressante Vida de Programador

EP010 – A Estressante Vida de Programador

No episódio de número 010, Sr. Caveira, Flávio e Gustavo batem um papo bastante estressante sobre a vida cotidiana no mundo de TI.

Não deixe de conferir o nosso site: www.tavernaprogramacao.com.br

Pergunta saideira: Você se estressa mais com as pessoas ou com as tecnologias? Por que?

Participe da pergunta saideira também, envie um e-mail com sua resposta para: contato@tavernaprogramacao.com.br ou mande em nossas redes sociais!

 

Segue a gente nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/tavernaprogramacao/

Twitter: https://twitter.com/tavprogramacao

Instagram: https://www.instagram.com/tavprogramacao

 

Taverneiros do dia:

• Sr. Caveira

Twitter: @senhor_caveira

 

• Flávio

Facebook: https://www.facebook.com/flavio.losadac

GitHub: https://github.com/folosada

 

• Gustavo

Twitter: @gustavowestarb
Facebook: https://www.facebook.com/gustavo.westarb

 

Músicas:

• Dutty (Intro)

• Scott Holmes – Think BIG

• Michael Rault – Sitting Still

• Atomicos – Red Racer

• Frankie W. – Reborn

• Frankie W, – I Left My Fate

• Plates Of Cake – Judge On Holiday

• The Sediment Club – Hydraulic Saint

• Dany Laj And The Looks – Take It Away

• Dany Laj And The Looks – Sweet Pretender

• Parting Glass by Audionautix is licensed under a Creative Commons Attribution license (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

• Daily Beetle by Kevin MacLeod is licensed under a Creative Commons Attribution license (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

• Airport Lounge – Disco Ultralounge by Kevin MacLeod is licensed under a Creative Commons Attribution license (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

 

Obrigado por ouvir!

O senhor caveira é programador web, mobile, Desktop, amante da Tecnologia e filósofo de boteco.

One Reply to “EP010 – A Estressante Vida de Programador”

  1. Ótimo episódio. Sobre algumas das dores que foram levantadas no podcast, alguns pontos onde algumas tecnologias hoje em dia resolvem estes problemas:

    1.0) Problemas de cache no navegador estão geralmente associados a maneira que está sendo gerado a build dos arquivos para ambiente de produção/homologação. Uma estratégia usada hoje em dia é concatenar um hash (gerado a partir do conteúdo do arquivo) no nome do arquivo quando for referenciar ele no site, isso garante que o cache seja efetuado adequadamente, e para cada nova modificação no arquivo, um novo hash seja gerado, assim o navegador ira entender como um novo arquivo e ira buscar essa nova versão, em vez da versão do cache. E você não precisa fazer isso manualmente, todas as soluções modernas possuem um mecanismo para isso, sem poluir o seu código. Webpack possui esse mecanismo por padrão quando executado em modo de produção (e permite configurar a geração do nome do arquivo), ferramentas como gulp/grunt possuem bibliotecas que implementam essa funcionalidade, e outras ferramentas como o Parcel permitem você criar um projeto com essa funcionalidade sem precisar configurar sequer 1 linha de código. Recomendo o estudo do Parcel para entender inicialmente sobre o assunto, ou ferramentas mais específicas para projetos como em React (create-react-app) que configuram o Webpack para você.

    https://www.alainschlesser.com/bust-cache-content-hash/
    https://webpack.js.org/guides/caching/
    https://survivejs.com/webpack/optimizing/adding-hashes-to-filenames/
    https://parceljs.org/

    2.0) Sobre os problemas de ambiente, uma solução para garantir que todos os ambientes estejam alinhados (desenvolvimento, homologação, produção) com as mesmas dependências seria o uso do Docker. Ele permite configurar coisas como timezone, qual distro usar como base para levantar o serviço (como sempre levantar o sistema baseado em uma versão do alpine linux/ubuntu), versão de bibliotecas/linguagens (como configurar que aplicação sempre vai rodar encima do nodejs 9.x com mongodb 3.4.6). Você também poderia optar por virtualização, mas o custo para isso seria mais pesado (com Docker consigo isolar um ambiente com imagens pesando menos de 100mb e sendo instanciados em menos de 5 secs).

    https://medium.com/entria/como-docker-pode-agilizar-sua-vida-8dae7a4f266

    Ou seja, essas duas dores (ambientes e cache) tem mais haver com o conjunto de tecnologias e metodologias do seu local de trabalho (onde trabalhava antigamente eu também tinha esses problemas, e onde estou o sistema legado também tem esses problemas).

    —————————————————————————————-
    —————————————————————————————-

    Referente aos Hackatons, tenho a mesma visão que os participantes. Desenvolver as coisas com um tempo limite recorde pode ser interessante para desafios técnicos, mas desenvolver algo em tempo recorde para ser entregue como um produto real certamente é um tiro no pé. Todo código feito as pressas um dia se torna um monstro incontrolável que precisará ser sacrificado ou escondido em um armário. Sacrificar coisas como testes automatizados, documentação (não de lógica de código, mas sobre dependências do projeto, motivos, aplicabilidades, etc), changelogs, ci/cd…. certamente é algo que vai pesar em um projeto de longa data.

Deixe um comentário :)

%d bloggers like this: