Distribuições Linux para Programadores

Distribuições Linux para Programadores

Antes de iniciar a discussão sobre um sistema operacional Linux para programadores, deve-se entender primeiramente por que fazer isso, quais as motivações e objetivos com isso.

De forma simplificada, um dos maiores ganhos no uso de Linux, além de ser gratuito =), é o fato de ser Open Source. O que significa que além de utilizar o sistema operacional, você poderá ajudar a melhorar, corrigir e até mesmo acessar o código fonte do seu sistema operacional. Como o objetivo não é falar aqui sobre o Linux e porque utilizá-lo no dia-a-dia, deixo um link com um artigo que explica mais sobre isso.

Dado uma breve introdução das vantagens, será apresentado algumas distribuições e quais as suas vantagens, na opinião de um programador que está tendo o seu primeiro contato com as mesmas, logo, aviso que este post é de iniciante para iniciante, ou seja, não espere grandes dicas de um mestre, mas sim de alguém que está fuçando e tentando conhecer um pouco mais deste mundo:

Informações importantes sobre os testes:

• Foram feitos em máquinas virtuais usando o VirtualBox;

• Utilizado a configuração padrão e mínima, conforme própria sugestão do VirtualBox.

Debian

Uma das mais conhecidas e também mais recomendadas pelas pessoas, uma das portas de entrada para o mundo Linux, o Debian é uma distro versátil, de fácil instalação (tradicional next, next, finish).

DescriçãoValor
Tamanho da distro4,2GB
Desktop Environment GNOME 3.22.2
VersãoDebian GNU/Linux 9
Possui conjunto de aplicativos por padrão?Sim

Quanto as minhas impressões:

Achei ótimo para quem está começando, a configuração é bem simples, assemelha-se de certa forma com o Ubuntu, o qual eu já havia mexido uma vez, estranhei um pouco a interface, pois nunca tinha trabalhado com um S.O. que usava exclusivamente o conceito de atividades, no começo, senti o Desktop um pouco inútil, nada que um pouco de prática não coloque as coisas no seu devido lugar. Outro ponto interessante é o fato de já vir o LibreOffice instalado, assim como outros aplicativos.

Fedora

Apesar de muitos amigos falarem super bem desta distribuição, pouco me apeguei a ela, exceto pelo seu belíssimo tema dark, que todo programador adora, no mais, em testes feitos em uma VM mostraram uma distribuição um pouco lenta de mais e pesada, ou apenas seja pelo fato de não ter conseguido instalar na VM e rodar diretamente da ISO, que aliás, é um recurso interessante.

DescriçãoValor
Tamanho da distro5,1GB
Desktop Environment GNOME 3.28.1
VersãoFedora 28
Possui conjunto de aplicativos por padrão?Sim

 

Open Suse

Uma das distribuições que me surpreendeu positivamente, esta é a definição da Suse, uma distribuição simples, leve, com tema agradável, de fácil instalação e configuração. Faltaram-me palavras para descreve-lá, além é claro de manter o menu inferior e ser de mais fácil adaptação, para quem vem de sistemas operacionais como o Windows.

Além disto, esta distribuição permite que você selecione o seu desktop environment no momento de instalar, acabei por optar pelo KDE, para diferenciar das demais e acho que já tenha a minha preferência definida (risos). Mas isto é questão de gosto, a sugestão aqui é de que você use um pouco de cada e depois fique com a que mais se adaptar.

Para não dizer que a experiência foi perfeita, em alguns momentos, por ser diferente a forma como a informação é apresentada, foi difícil de se achar, malditos S.O’s convencionais…

Outro ponto negativo, das 3 testadas, esta é a que consome o maior espaço.

DescriçãoValor
Tamanho da distro6,6GB
Desktop Environment KDE 5.12.5
VersãoLeap 15.0
Possui conjunto de aplicativos por padrão?Sim

Bem, em uma disputa entre essas 3, certamente ficaria na dúvida, mas, acredito que pelo meu gosto e afinidade, a Open Suse seria  minha escolhida, não por ser a mais conhecida, mas por ter tido a maior afinidade.

Vale lembrar que, não pesquisei quanto a estabilidade, pois todos os testes foram feitos brevemente e exploratórios.

E aí, gostou? Quer ver mais conteúdos assim? Deixe o seu feedback, pois já recebi dicas de outras distribuições para testar e opinar, como por exemplo: CentOS, Deepin e Mint.

 

O senhor caveira é programador web, mobile, Desktop, amante da Tecnologia e filósofo de boteco.

Deixe um comentário :)

%d bloggers like this: